Os Meus Artigos

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Ai a minha vidinha! (parte II)

O dia começou com um frenesim diferente do habitual. Ver como a menina gata acolhida tinha passado a noite. Passou melhor do que na rua, mas... pior do que se estivesse na casa dela (penso eu que não sei de onde nem como aqui apareceu). Quando cheguei à cozinha estava do lado de lá do vidro, na marquise, com um olhar triste que me despedaçou o coração. Mimar a familia felina feliz, que apesar de ter dormido entre a cama de uma dona e a da outra, estava carente de mimo. Perfeitamente natural, uma bichinha estranha cá em casa... Depois, foi correr para a clínica veterinária que fica mesmo aqui ao pé. Ver se a menina seria lá conhecida, se já alguém teria procurado por ela, se teria chip e ver o estado geral de saúde.

Não é lá conhecida, não tem chip, ninguém a procurou e, está afortunadamente saudável, pesa dois quilos e setecentas, tem a dentição de adulta, a pelagem linda e aparenta ser novinha! Apenas uma ligeira desidratação, de resto tudo perfeito! Portou-se lindamente na consulta, colaborou com a doutora e sempre encostadinha a mim, sob a minha protecção. Por precaução, foi desparazitada. Chegou à tasca e levou uma ganda banhoca, pois para estar aqui tem que estar impecável. Fiquei estupefacta como se comportou no banho, na secagem, na escovagem... do melhor.
É menina muito calminha, de muito mimo, muito colinho, muito sofá e imaginem só... esgueirou-se para a minha cama, enroscou-se debaixo do edredon e vai de dormir um sono bem tranquilo até eu dar conta, depois... sofá! Ah pois, menina fina e de bom gosto!
Quanto ao convívio com a familia felina feliz é que a coisa está complicada. Não lhes passa cartão nenhum, eles tentam aproximar-se, elas continuam afastadas e em greve de brincadeiras e, sopram-se mutuamente.

Já espalhámos anúncios com a foto dela e o contacto. Se ela desapareceu de casa, imagino a tristeza dos donos porque já passei pelo mesmo com a Julieta que andou desaparecida. Nós afixámos cartazes por todo o lado, batemos com rigor tudo quanto era canto num raio de cinco quilómetros, recebemos dezenas de chamadas de pessoas que a tinham visto, chegávamos ao local e não era ela... que coisa horrível! Até que, ao fim de oito dias fomos bafejadas pela sorte, ela fora mesmo encontrada e o tão desejado e acertado telefonema chegou. Se ela foi abandonada, nem quero pensar mais nada...

Desejo muito, mas mesmo muito que apareçam os donos! Enquanto aqui estiver, está em casa e bem cuidada. E se, não aparecerem os donos... nem quero pensar mais nada... ai ai ai... a minha vidinha!


16 comentários:

Cor de Chá disse...

É frequente "largarem-me" aqui à porta de casa cães e gatos. Eu já tenho um gato, mas parte-se-me o coração ver os bichos perdidos e famintos. O meu Gil chegou-me assim. E foi a melhor coisa que me podia ter acontecido. Mas há muitos que não consigo acolher. Pelo menos vou-lhes dando de comer e tentando arranjar casa. Mas com este frio, é complicado.
Agora, quero um passo-a-passo de como dar banho a um gato. Isso é que gostava de saber. Desde que sou gente que tenho felinos em casa e nunca consegui tal proeza sem gatos a fugir pela casa fora ou na pior das hipóteses com todas as unhas cravadas nos meus braços LOL

Cmps!

Lígia disse...

Oh...espero que apareça o dono da menina...é tão linda! Essa ao menos não está ao frio...sofro tanto neste tempo frio e de chuva a pensar nos bichos na rua, ando sempre angustiada! Enfim, vai ser sofrimento a vida toda:/

Abóbora Amarelinha disse...

Ai ai tua vidinha, hehehehe
os animais sabem onde se refugiar, quer estejam perdidos ou abandonados.
Acho que tives-te uma prenda de natal antecipada.
beiiiiiiiijossososososososososo

Susana Gatita disse...

Tadinha da bichinha, deve ter tantas saudades dos donos. Tadinha não, pois parece-me que ela já te adoptou e tu a ela... Gata afortunada, foi logo encontrada pela Mãe Bela, dona de uma família felina feliz... Se os donos não aparecerem... ai a tua vidinha!

Sandra G disse...

Ela é realmente uma doçura.E linda.

Bjs

Sissamar disse...

É linda! E ainda por cima ternurenta... se foi abandonada foi uma dupla maldade! E agora se não aparece a dona? Põe un anúncio aqui no blog para ver se aparece alguma familia carinhosa para ficar com ela!
Beijinhos

Cupcake disse...

Bom parece-me que essa menina foi bater à porta certa, quer tenha sido abandona ou se tenha perdido aí pelo menos está a salvo, e vai ser bem amada e tratada.
E quando se habituar tem uma família felina e tudo. :)

Cupcake disse...

Bom parece-me que essa menina foi bater à porta certa, quer tenha sido abandona ou se tenha perdido aí pelo menos está a salvo, e vai ser bem amada e tratada.
E quando se habituar tem uma família felina e tudo. :)

Cupcake disse...

Bom parece-me que essa menina foi bater à porta certa, quer tenha sido abandona ou se tenha perdido aí pelo menos está a salvo, e vai ser bem amada e tratada.
E quando se habituar tem uma família felina e tudo. :)

Cupcake disse...

Bom parece-me que essa menina foi bater à porta certa, quer tenha sido abandona ou se tenha perdido aí pelo menos está a salvo, e vai ser bem amada e tratada.
E quando se habituar tem uma família felina e tudo. :)

Cinha disse...

Só te sei dizer que essa gatinha no meio de tanta confusão, teve foi cá uma sorte!!!!!
Eles sabem bem a que porta bater;))
É uma autentica ternura! O meu irmão do meio tem 4 gatos, mas nenhum assim tão meiguinho!
Quando lá vou a casa dele até me passo,são tão ariscos!
Beijinhos grandes e bom fim de semana.

P.S. Vai nos dando noticias.

Isabel disse...

Cenourita, quer-me parecer que já aí tens uma nova membra da família felina. Não me parece que os donos apareçam, e ela sem dúvida que não podia ter ido parar a casa melhor :)
Bjs para toda a grande família da tasca

Gabriela... disse...

Isto deve ser mal geral!
Eu tenho cá 7 agora, apareceu um na minha varanda com os dias de ventania que estiveram a semana passado.
Não aguentámos vê-lo do outro lado da porta da varanda encostado ao vidro com olhos tristes... abrimos a porta e ele entrou. Andávamos a dar comida há já alguns dias mas depois não deu mais para o deixar na rua.
Olha está aqui e estou como tu "ai a minha vidinha!".
Jinho

são33 disse...

QUE MENINA MAIS LINDA...TEVE DE TER ENCONTRADO UMA PESSOA COM UM GRANDE CORAÇÃO, DEVIA DE HAVER MAIS PESSOAS ASSIM.
BJS

Alice disse...

Todos daqui em casa foram abandonados e adotados por mim. Histórias diferentes, porém tristes. Aqui é muito comum abandonar os animais. Não existe a consciência da responsabilidade sobre eles. Não se castram, não se levam ao veterinário, não os protegem em casa. Abandonam principalmente as fêmeas por conta das crias. Maltratam os animais nas ruas e pouco se pode fazer a respeito, a não ser impedí-los de sair na rua. Ao ver essa gatinha tão linda e bem cuidada, tenho esperança de que você consiga encontrar o dono. Beijos

Cláudia M. disse...

Adorei, amei a miúda nova! :) Afinal, quem tem 4 tem 5, ou não será? :)))))

Há alguma novidade? Tadinha, será que alguém se quis ver livre dela? Se foi isso, só me ocorrem é nomes feios para chamar a essa gente. Mas tb pode ter resolvido dar algum passeio e ter-se perdido, não é?

Enfim, espero que tudo corra pelo melhor, mas tenho a sensação que um dia destes vou conhecer o novo membro do clube. :)

bjs

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...