Os Meus Artigos

domingo, 20 de Julho de 2014

Sunday's Music





Boa semana, a todos!


Alimentar o asfalto com pneu...


... da minha latinha!

O dia acordou cinzento e eu também. A necessidade de sair para arejar as ideias era mais que muita. Travou-se uma espécie de diálogo surdo e mudo na minha cabeça em que eu só participava com valentes sacudidelas de cabelos. Talvez quisesse acertar o passo aos neurónios. Talvez os quisesse acalmar. Talvez os quisesse ignorar. Nem sei...
Mas vou onde? Para o lado do mar, não me apetece! Mas vou onde? À lagoa aqui perto, não me apetece! Mas vou onde? À lagoa um bocadito mais longe, não me apetece!
Percebi, como de costume, a mensagem. Água! Água! Água! 
Latinha fora da garagem e aí vamos nós. Eu e ela. O som escolhido tocava baixinho. O destino era incerto, mas a direcção era o interior. Sim! Tinha que ser! Montes, serras, vales, vegetação, alcatrão e nós por aí fora. Chegámos a Tomar e tomámos a direcção da Barragem de Castelo de Bode. Um dos meus sítios de eleição que até a latinha sabe o caminho de cor. Não! Não vamos por aí! Invertemos a marcha e fomos à procura de um local que eu sabia que existia, já lá tinha ido há muitos muitos anos e rumámos em direcção a umas antigas termas. Ziguezagueando por entre a floresta, lá chegámos. Rio Nabão,  Agroal! Como aquilo está diferente de quando eu conheci... Arranjadinho e modernaço! Latinha estacionada e eu, qual turista por entre os banhistas, passeei-me e distraí os neurónios registando imagens.



Porque a água me acalma e me distrai. Porque o som dela a correr é sentido como um banhar da alma e um serenar do coração. É um aquietar intimamente ligado entre mim e a razão. 


sexta-feira, 18 de Julho de 2014

A chover e a fazer sol...


... estão as bruxas no farol
... enroladas num lençol
... a comer broa mol




Ah Verão estranho!

(post em tempo real que por motivos alheios ao meu telefone esperto, se atrasou na publicação)


terça-feira, 15 de Julho de 2014

Gambozinos


Já me mandaram aos gambozinos, e até me deram um saco e uma lanterna e tudo. Era eu uma miúda de tenra idade. Fiquei triste porque não apanhei nenhum. Menos triste porque nenhum dos companheiros de caça tinha apanhado algum. Mais tarde, e depois de perceber melhor a instrução dada e a expressão dela, pensei - Isto não de faz! Não se engana assim uma criança! -  Mais tarde ainda, tirei algumas lições e reconheço que aprendi algo com aquela ida aos gambozinos.

Já mandei pessoas aos gambozinos em duas circunstâncias distintas. Sabendo eu e os próprios o que isso significa e, qual vingançazinha recalcada, sabendo eu e os outros (criancinhas), népias.

Já vi os meus gatos andarem aos gambozinos, sem perceberem eles nem eu, do que corriam atrás. Já me senti várias vezes a andar aos gambozinos. 

- Gambozinos ao saco!

Hoje foi um desses dias. Não apanhei nenhum, julgo eu, mas ganhei mais uma lição.

E vocês, já foram aos gambozinos?


i.e.
(origem obscura)
substantivo masculino
1. Animal imagináriopara a pesca ou caça do qual se convida uma pessoa considerada ingénua que se pretende enganar. (Mais usado no plural.)




segunda-feira, 14 de Julho de 2014

Assim se deu por terminada...


... a época da cereja!

Da fresca, porque alguma foi descaroçada e congelada e outra foi mergulhada em aguardente para o licor. Chegaram em caixas, vindas directamente do produtor da Cova da Beira. Grandes, enormes mesmo, e no ponto a serem consumidas. Das melhores dos últimos anos e oferecidas com o carinho habitual.

Ao passear-me pela blogoesfera culinária deparei-me com esta sugestão que me agradou. Uma sobremesa fresca e mesmo ao meu gosto. Conferi os ingredientes no stock da engorda, tudo disponível e, foi só pôr mãos à obra.

PUDIM DE CEREJA E CÔCO



6 folhas de gelatina vermelhas 
100 g de côco ralado 
4 dl de leite de côco 
2 dl de natas 
1 lata leite condensado 
1 cálice de licor de cereja 
200 g de cerejas descaroçadas

Derreti as folhas de gelatina (corto-as sempre em pedacinho e derreto ao lume, num púcaro, sem o deixar pousar no bico e ando com ele em círculos). No liquidificador coloquei todos os ingredientes sem ordem específica. Liguei durante breves instantes de modo a envolver bem todos os ingredientes. Forrei uma forma de bolo inglês com película aderente e verti o preparado. Levei ao frigo para solidificar e gelar bem. Desenformei no dia seguinte e polvilhei com mais côco ralado e enfeitei com cerejas inteiras.

Servi bem gelado.

Cerejas e côco, uma combinação deliciosa!

Receita retirada do blog Fiel ao Tacho, ligeiramente alterada por mim.


domingo, 13 de Julho de 2014

Sunday's Music





Em modo Chill Out e porque não me canso de ouvir esta música, votos de uma excelente semana!


A poucos minutos de terminar o campeonato do mundo de futebol de 2014...


... e de o resultado ser zero para a Alemanha e zero para a Argentina e não haver qualquer previsão de quem irá ficar com o título durante os próximos quatro anos e a coisa se ir decidir muito provavelmente a penalties caso nenhuma das equipas estreie a baliza durante o prolongamento e eu estar aqui a torcer pela Argentina, pergunto:

- Para quando um campeonato destes?



Isto é que era assunto!


Com o alto patrocínio de uma marca de aspiradores que eu não sei qual é...


... vos digo, que a maior tortura de passar uma tarde de domingo em casa, vem do andar de baixo!

Já praguejei que me fartei. Sinto a cabeça como se fosse uma abóbora prestes a rebentar e até já visualizo pevides pespegadas por todo o lado e molhanga a escorrer pelas paredes e vidros das janelas. Já corri as divisões todas da casa, terraço, garagem e sótão (três andares acima) incluídos, na tentativa de conseguir ler ou escrever ou ver um filme ou descansar os olhos ou os ouvidos ou fazer qualquer coisa útil... sei lá... e nada! O barulho é ensurdecedor e estou com uma má disposição de se lhe tirar o chapéu. A cena repete-se a cada domingo e eu, em representação de todos os moradores, até já tive uma conversa cordial com quem de direito que até me apresentou uma razão plausível para a limpeza ter que ser feita a este dia da semana. Até aqui tudo bem e cada um manda no seu espaço, mas pelo amor da santa, ninguém merece passar o dia oficial de descanso semanal com um ruído tão incomodativo. Posto isto, alvitrei que, uma máquina de sugar pó e outra sujidade, mais silenciosa talvez fosse a solução, mas nada... O martírio repete-se, sempre ao domingo...

Estou que nem posso!!!



domingo, 6 de Julho de 2014

Sunday's Music e coisas soltas dos últimos dias!


* Comer batatas fritas à razão de duas vezes por semana. Logo eu que passo meses sem as cheirar. - está mal!
* Um cliente dizer-me ao telefone "... blá blá blá whiskas saquetas porque me deram uma raspadinha no carro..." e eu ficar ali pasmada a pensar que lhe tinha saído a sorte grande. Logo eu que nem jogo e afinal tinham-lhe batido na viatura. - está mal!
* Ir ás compras para abastecer a despensa e, já na caixa para pagar, dar dois passos atrás para pegar numa embalagem de bolos de arroz que se tinha rido para mim. Logo eu que não compro essas goluseimas de plástico e que comi uma só e foi o suficiente para passar mal uma noite e mais um dia inteiro devido à quantidade descomunal de gordura que aquilo tinha. - está mal!
* Estarmos em pleno Verão e todos os últimos dias ao abrir da pestana, estar a chover. Logo eu que adoro sol e calor. - está mal!
* Há mais, mas não me lembro. Logo eu que nunca me esqueço esquecia de nada. - está mal!




Adoro esta música e, há coisas que prefiro nem lembrar... bate a saudade!

Votos de uma excelente semana!


terça-feira, 1 de Julho de 2014

É só a minha conta de e-mail que anda empestada de spam?






Aceito sugestões para combater esta praga!
Desde já, muito grata!


segunda-feira, 30 de Junho de 2014

Quem faz aninhos hoje, quem é?


É o Pupuli!

Cinco anos de muito mimo, muita brincadeira, muita companhia, muita maluqueira, muita conversa... sim porque ele é o gato que começa a falar comigo logo de manhã ao acordar. Ser cumprimentada com um valente renhaunhau quando ainda se esfregam os olhos e mal se consegue ver a luz do dia não é para todos! 



Uma doçura, o meu Napoleão Manuel! Um gatão!


domingo, 29 de Junho de 2014

Sunday's Music e...


... uma semana sem passar por aqui, mas isso agora não interessa nada!





Vale que está aí nova semana à porta e que seja fantástica, para todos!


domingo, 22 de Junho de 2014

Sunday's Music


Invocando o verão...




... e desejando-vos uma excelente semana!


sábado, 21 de Junho de 2014

Hoje, quando acordei, chovia... se chovia!


Passado um bom bocado, já mais de meia manhã, entrou o Senhor Verão. Não o vi chegar. Ou será que aquela chuva que caía lá fora e que não ajudava nada a despertar-me os movimentos ainda lentos de uma manhã de sábado arrastada, molenga e que teimava em não me despertar do sono, era ele a anunciar a sua chegada?
Debruçada sobre o parapeito da janela, atirando migalhas e outras sementes aos passaritos da rua, dou de caras com o sol. Tímido, mas a esboçar lentamente, um sorriso rasgado por entre pingos grossos. Eu ali, a olhar para ele toda desgrenhada, e de olhos remelados da noite de sono dormida à pressa e da preguiça matinal que me enlaçava. Ele estava envergonhado e eu também. Pedi-lhe desculpa pelo meu propósito, que não se recebe assim uma entidade tão distinta. Ele, alargou ainda mais o sorriso e fez-me crer que não, que não tinha que me preocupar com isso. Sorri-lhe de volta e à minha expressão, ele justifica-se do seu acanhamento. Diz-me que vem carregado, com muita bagagem para a sua estadia e que a viagem tinha sido longa e algo conturbada. E notava-se que sim, que era verdade. Sacudiu mais uns pingos, e murmurou:
- Não imaginas o que suei para aqui chegar...
- Uh! Esses pingos são o teu suor? Tudo isso promete aquilo que eu tanto gosto, o calor?
Ofereci-lhe uma toalha de linho branco imaculado para se limpar. Ele agradeceu e colocou-a debaixo do braço.
- Vou tomar uma grande banho e já volto!
Não fui a tempo de lhe estender o sabonete, desatou a chover torrencialmente...



Grande banhoca a do Senhor Verão! Há-de apresentar-se todo bonito e bem cheiroso! Assim o espero...



sexta-feira, 20 de Junho de 2014

Quem tem um gato tótó tem tudo...


... quem não tem, não sabe o que perde!

Estava Xô Dona Cenourita mergulhada em papéis e concentrada nas contas e, eis senão quando, ouve um som vindo lá de fora, da esplanada.
- Meeóóu!
- Meeóóu!
Espreita pela janela e dá com os olhos em Senhor Petit Manuel pendurado na rede e o olhar direccionado para a janela do escritório.
- Meeóóu!
- Meeóóu!
Reparou que eu o observava e insistiu no pedido de ajuda. E, mãe de gato que é mãe de gato, larga tudo, levanta o esqueleto da cadeira e, dando a volta ao quarteirão da casa, segue caminho em auxílio do seu amor moreno de quatro patas.
- Meeóóu!
- Tu queres, Tinininho?
- Meeóóu!
- Queres subir para a rede e não és capaz?
- Meeóóu!*

Pois tá claro! E lá ficou ele a acomodar-se para mais uma sesta...




Mordomias felinas!

*ele mia tal e qual assim e só quando precisa ou quer alguma coisa e é tão tótó que chega a ficar com uma unhaca presa num sítio qualquer à espera que alguém o vá soltar


quinta-feira, 19 de Junho de 2014

Das coisas que não podem faltar... - I


... no meu frigorífico!

Beterrabas!

Os últimos dias foram de vários desarranjos. Desde o sono que andou foragido ao desregramento alimentar, acometeu-se-me um mal estar daqueles! que só eu sei e, somando-lhe a neurose que a coisa provoca, o resultado foi confeccionar uma refeição leve, prática e fresca ao meu gosto com o propósito de equilibrar os níveis minimamente aceitáveis ao funcionamento regular deste corpito e sentar-me lá fora, na esplanada, a saboreá-la.

Adoro beterraba crua em salada. Sozinha ou acompanhada. Sempre ralada. 

É só descascar, ralar e temperar com umas pedritas de sal, um fio de azeite e uns pingos generosos de vinagre. Dar-lhe meia volta com o garfo para misturar o tempero, e já está!




D. Lira não gosta, mas fez-me companhia à mesa. 

Não pode faltar no meu frigo! 


domingo, 15 de Junho de 2014

Sunday's Music


Bem vindo calorzinho bom!!!



É isso e as recordações de outro "bom tempo" ao som desta música ;)

Votos de uma excelente semana!



quinta-feira, 12 de Junho de 2014

Um Amor que é para sempre...


... é o Amor de Mãe!



Desde aquele dia em que se toma conhecimento que a sementinha está a germinar, a desenvolver e, se vai observando a transformação física no corpo da mãe com a barriguinha a crescer, tudo muda e é o princípio de um sentimento que até aí não se sabe o que é. Depois, aquele bebé nasce, tem um rosto, uma voz, mil trejeitos e muitas expressões. Cresce dia após dia em que cada um é diferente do outro. A evolução compete com o passar do tempo. Hoje bebé, depois criança e adolescente logo a seguir e... ai que já está uma mulher! O tempo corre veloz e, parece que foi ontem que senti a primeira e única vez na vida, as dores parideiras. A vivência de ser Mãe é uma aprendizagem constante e não há escola que a ensine, prolongando-se vida fora porque cada etapa é única, cada dia é único.

Hoje é um dos dias especiais das nossas vidas. Mãe e Filha estão de parabéns. Por toda a vivência, juntas, desde o primeiro dia.

Parabéns Titó! Que todos os dias, ao romper da aurora, a Felicidade te preencha o rosto e o coração! O Amor de Mãe está sempre aqui, a torcer por ti!


Love U!


terça-feira, 10 de Junho de 2014

Em dia de Portugal...


... comida e bebida portuguesa, com certeza!

Alentejo e Dão sobre a mesa para o almoço.

domingo, 8 de Junho de 2014

Sunday's Music, e...


...uma certa dificuldade na escolha de hoje!

Cena do dia, que deu para rir e ao mesmo tempo para me sentir desconfortável, e que não consigo readaptar a um som ao meu gosto, ou então, não me ocorre nenhum. Ainda me foi sugerido um tal de "ai se eu te pego", depois um "catch me if you can" mas, nem uma nem outra entram nos meus ouvidos.

Saiu esta, que gosto, e não tem nada a ver.



Não querem saber o que aconteceu, pois não?*

Boa semana!


*calças justas, elásticas e de cintura descida (blharc) a cair traseiro abaixo... o resto, basta imaginar!

quinta-feira, 5 de Junho de 2014

Ai que não s'aguenta aqui o movimento e eu tão ausente...


... Ai qu'isto é gente a chegar de toda a parte do mundo e arredores e nem umas pataniscas, nem uns copos de três, nem uns amendoins nem umas jolas, nem nada. Ai que vida a minha que não me consigo desdobrar para receber as visitas. Ai que já mandei vir porteiros, cozinheiros e copeiros para porem ordem neste modesto estabelecimento e bem servir os clientes. Ai que o pessoal está todo de pé à espera de ser servido e, nada!



Porque anda aí uma virose de mostrar meias e sapatos...


A minha shoefie do dia é esta. Admito... as meias já tiveram melhores dias e não são de vidro caro Tio Pipoco!

domingo, 1 de Junho de 2014

Sunday's Music


Se eu tivesse ido ao Rock in Rio, a minha predilecção seriam os Linkin Park. Estiveram cá em três anos consecutivos e ainda não foi desta. Há-de ser para a próxima !





Votos de uma excelente semana!


sábado, 31 de Maio de 2014

Foto do dia #31


A vida inspira-nos! Nós alimentamos esta ideia!

Terminar o mês de Maio em beleza, e contribuir para quem mais precisa!
O meu dia foi assim :)

sexta-feira, 30 de Maio de 2014

Foto do dia #30


Ainda dizem que não há coincidências... ontem, durante a habitual caminhada nocturna cruzei-me com milhentos caracóis e hoje, inesperadamente, alguém me pôs um prato deles à frente!

Lambuzei-me toda! O que eu gosto deste petisco!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...