Os Meus Artigos

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Um almoço domingueiro...

... típicamente português!

Depois da azáfama das lides domésticas de quinta-feira à noite e sexta-feira o dia inteiro até às tantas... o sábado acordou espevitado aqui para estas bandas. Alguns ajustes pelos interiores dos armários e a limpeza da garagem. A meio da tarde e depois de dada como finda a jornada, alguém toca à campaínha. Num acto instintivo e sem olhar pelo visor do intercomunicador, pressiono o botãozinho que abre a porta da rua de acesso à tasca. Segundos depois, novo toque, desta feita, à porta principal. Abro, e... fico estupefacta! Visitas inesperadas! Um casalinho simpático de amigos e respectiva prole! Tasca cheia! Crianças felizes que se deliciaram a brincar com a Piu e com objectos desprovidos de importância que transformaram em brinquedos, que tentaram a todo o custo brincar com os gatos, mas... eles não estão habituados aos mais pequenos, e trataram de se esconder e não ligar nenhuma às visitas. E os adultos, trataram de pôr a conversa em dia. Foi uma grande surpresa, uma passagem rápida pela tasca! Adorei conhecer pessoalmente as crianças de quem tanto ouvia falar, adorei a vossa visita!

Depressa se fez noite, preparei as coisas para o almoço de domingo, fiz uma sobremesa rápida, e...

-Vai dormir Cenourita! - dizia eu, para eu ;)

Domingo no calendário, bem cedinho, por sinal...

- O quê? Já acordaste Cenourita? - dizia eu, para eu :)

Toca a levantar e pôr tudo na panela. Estava tudo preparado da noite anterior, foi só pôr a cozer.


COZIDO À PORTUGUESA


carne vaca cozer costela) qb
carne porco (pernil) qb

Carnes temperadas com sal, na véspera. Uma panela com água ao lume. Assim que começou a ferver coloquei as carnes.

1 chouriço de Leiria
1 chouriço negro do Fundão
1 morcela de arroz de Leiria
1 farinheira do Fundão

Já as carnes estavam cozidas, juntei os enchidos. Deixei cozer durante breves minutos. Retirei da panela, cortei em pedaços e reservei num tacho tapado e em banho-maria para se manterem quentinhas.

3 batatas
3 cenouras
1 cabeça nabo
1 couve lombarda
arroz qb

Tudo devidamente descascado, lavado e cortado, na véspera. Depois de retirar as carnes do caldo, deitei os legumes e o arroz dentro da bola própria para a sua cozedura, deixei cozer.

Por fim, servi na travessa redonda, um Cozido à Portuguesa, acompanhado de brôa de milho e tinto Alentejano de Borba.

Há quanto tempo eu não fazia isto... tão rápido, tão fácil, tão bom, tão aconchegante, tão enfartador...

- Não me ponhas mais comida no prato, por favor!!! - a Cenourita para o Nino.
- Só mais este bocadinho de farinheira que tu adoras!!! - o Nino, tão gentil.
- Olha que ainda temos sobremesa! - a Cenourita a tentar fazer-se de esquisita.
- Fica para o lanche! - ele, danadinho para "provar" o pudim.

Café e cigarrito. Dois comensais á mesa da tasca a lastimarem-se.

- Xiii... comi demais!
- Estou que nem um abade!

- Quem vos manda ser lambões??? - a familia felina feliz, sentada na cadeira que lhes pertence, com aquele olhar que transmite o que é mais do que óbvio.

- Lambões mesmo! - os dois, em coro e um ataque de riso.

Escusado será dizer, que o resto do dia foi passado, não na ronha, mas... a descansar o almoço ;)



6 comentários:

Storyteller disse...

Que belo fim-de-semana! Sim senhor!
A ver se o casalinho simpático da próxima vez se faz acompanhar de outro vegetal da horta...
:D
***

Tuquinha disse...

è precisamente desses domingos que eu gosto e que felizmente tenho alguns...mas, esse prato com esse vinho está mesmo a pedir que volte a ser domingo rápidamente...
Beijinho

Sónia Alexandra disse...

Ao Domingo é que a gente se consola...maravilha. Jinhos

Ana Powell disse...

Que saudades de casa me deste ♥

ameixa seca disse...

Há tanto tempo que não como, só não gosto de nabos :) Nabo que é nabo, só mesmo na sopa he he

Verdinha disse...

ahahaha foi o meu jantar domingueiro! E ainda por cima soube a pato que fui jantar a casa da mãe ehehehe :) Taooo bom!!!

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...