Os Meus Artigos

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Filetes de Peixe Espada ao Molho de Cogumelos Pleurotus

A massa encefálica da cozinheira número um da tasca - porque agora existe também a cozinheira número dois, a Titó, que anda a cozinhar uns petiscos valentes - anda assim a modos que corroída que nem uma coisa ferrugenta e já a largar aquelas lascas que se desfazem sem sequer se lhes tocar. São ideias em excesso, umas concretas e outras abstratas que por motivos alheios à sua vontade... não há meio de adquirirem forma ou corpo, ou então de se desvanecerem de vez dando oportunidade a esta mente cansada de se regenar e abrir portas a outros sonhos, outras vontades...

Depois de um dia em que nesta cabeça parecia faltar algumas peças indispensáveis ao seu normal funcionamento, instalou-se um cansaço tremendo, previsível mesmo, mas... chegada a hora de pensar no jantar e uma ida até à cozinha para o preparar, o circuito electromagnético deu sinal de entrada em funcionamento e de uns filetes de peixe espada preto, saíu este prato!


4 filetes peixe espada preto
sal qb
4 destes alho esmagados
salsa qb
sumo de 1 limão
cogumelos pleurotus frescos qb
azeite qb

Temperei os filetes com os ingredientes acima. Ficaram a marinar cerca de duas horas. Lavei os cogumelos e cortei-os em pedaços pequenos. Escorri o sumo de limão do tempêro dos filetes e sacudi o alho e a salsa para uma frigideira anti-aderente, juntei um pouco de azeite e depois os cogumelos. Deixei estufar lentamente. Enquanto isso, cobri o fundo de um recipiente refractário com azeite, coloquei os filetes e levei-os a cozer, assim sem mais nada, ao forno já quente cerca de quinze minutos.
Retirei-os com a ajuda da escumadeira, deixando escorrer o azeite e com muito jeitinho para não se partirem. Servi directamente nos pratos, deitei por cima os cogumelos ligeiramente estufados e polvilhei com mais salsa picada. Acompanhou com arroz branco enformado e esparregado.


Depois de um dia difícil, um jantar todo catita ;)



11 comentários:

Anónimo disse...

É para que horas?? Olha que mesmo enferrujada e com lascas a cair a coisa tem muito bom aspecto e de certeza ainda melhor paladar Bjs Guida

Nadyta disse...

Uau a tasca anda com uns menus de fazer babar qualquer um :D

Beijinhos e bons cozinhados

Bichinha disse...

E bem catita! Gostei da sugestão, aliás sugestões alternativas são sempre bem vindas :)

Atelier Glacê Real disse...

Adorei a receita e o blog...estou seguindo!
Bj,
Marcela.

hannah disse...

Tiro-vos o chapeu!!! faço-vos uma venia... sei lá!!

Começando o jantar com esse belo peixinho e restantes acompanhamentos... terminando com as belas queijadinhas da Titó...
Fiquei "verde" de inveja (no bom sentido)de tao belo manjar...

Beijinhos

são33 disse...

FICOU UMA MARAVILHA , ADORO COGUMELOS, FICOU PERFEITO.
BJS

TiTó disse...

Gostei da rima que a Nádia fez, teve piada!!

Pois é verdade, mesmo com os neurónos em faísca, até saiu um jantar bem fixe e delicioso.

Ah é verdade: Oh cota, hoje eu faço o jantar, se entretanto me passarem as dores no ombro :(

Xauzinho e até logo e porta-te bem e muitos beijinhos aos miaus ***

paula MARIANA disse...

Catita????Isso é dizer pouco ficou mas foi uma delicia disso tenho a certeza, adorei o aspecto Cenourita, Catita.
Beijokita!!!

Vina disse...

Se depois de um dia difícil saiu um jantar maravilhoso como esse, nem imagino o banquete que sairá em dias calmos e sem stresses!! Beijocas.

Duxa disse...

Que jantar catita!!!
Aproveitei e já conheci o cantinho da Titó, mas que dupla, por aqui ainda só existe uma cozinheira na minha cozinha mas por vezes lá vou conseguindo a ajuda de algumas mãozinhas...ihihihi.
Um beijinho;)

ameixa seca disse...

Eu ando no mesmo estado e quero fazer as coisas mas depois nem consigo... o frio também não ajuda. Quem me dera uns pleurotuzinhos desses à minha frente :)

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...