Os Meus Artigos

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Começar o dia...


... com alegria!

É acordar sem reclamar da hora, sair da cama lentamente, espreguiçar em frente ao espelho, abrir a janela e encher o peito daquele ar fresco matinal, despejar a bexiga, ir até à cozinha para pequenalmoçar.

- Oh! A mesa não está posta...

É cedo, muito cedo, o sol ainda mal nasceu... o dia é grande e posso permitir-me a sentar e tomar a primeira refeição do dia de uma forma tranquila. 

- Oh! Mas não há pão quentinho!

Alcanço a janela num olhar desamparado. Admiro a força do sol a tentar esburacar nuvens negras, frondosas, ameaçadoras de tempestade. Sorrio e, dispo mentalmente a farda dos sonhos, envergando de seguida a de sopeira que, permanece pendurada ali naquele recanto. A toalha já está na mesa, a caneca, os talheres, o guardanapo, o copo para o sumo, o doce, a marmelada, o pão fatiado... espera, falta o açucar! não! que eu não tomo açucar! ah! a manteiga! também não é hábito mas hoje vem para a mesa! Cortei as laranjas ao meio e fiz o sumo. Torrei o pão. Liguei a máquina do café, aqueci um pouco de leite. 
A mesa estava posta. O traje de sopeira, arrumado. A farda dos sonhos, vestida. O aroma no ar era aconchegante. O sol rompera as nuvens e irradiara a cozinha de energia natural. 

Sentei-me à mesa e agradeci. Tudo o que me fazia estar ali. 

- Oh! Mas afinal até há bolinho!


Bolo de pequeno-almoço



2 ovos
180 gr açúcar
100 ml creme de soja
100 gr farinha com fermento
4 colheres sopa de flocos de aveia
4 colheres sopa de água
1 colher de café de erva doce
1 mão cheia de miolo de noz

Bater os ovos com o açúcar até ficar um creme fofo e esbranquiçado. Juntar o creme de soja e envolver bem. Acrescentar a farinha, os flocos de aveia e a erva doce e mexer até a massa formar bolhas. Adicionar a água e envolver. Deitar as nozes e levar a cozer em forno pré-aquecido a 180º durante cerca de quarenta minutos. Desenformar quente.


Até uma noite pouco e mal dormida pode dar início a um dia encantador. Basta saber apreciar o acordar e não desistir de sonhar.

- Ainda bem que precisei de gastar aqueles ovos e o creme de soja, na véspera! 

2 comentários:

Raquel Alabaça disse...

Sabe tão bem poder saborear um pequeno almoço descansadinha, simples mas bom!

Carmem Grinheiro disse...

Olá Anabela, ai que delícia, pão torradinho com manteiga e café acabadinho de fazer e sol entrando casa adentro! Ó coisa boa!

Bj amg

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...