Os Meus Artigos

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Como é linda a puta da vida


E é mesmo! Tem dias em que não lhe acho piada nenhuma, mas isso são outros assuntos...

Sempre gostei de ler as crónicas de Miguel Esteves Cardoso na comunicação social e, nem sei bem como nem porquê nunca tinha pegado num livro dele. Saber que existem livros dele, alguns bem antigos, conhecer-lhes os títulos e as capas parecia-me suficiente e sempre me fui mantendo mais ou menos ao corrente do que ele ia escrevendo pelas crónicas. No passado verão uma editora deu-lhe destaque e aquelas capas coloridas e originais apareceram em força nas prateleiras das livrarias. Não resisti e devorei este num tirinho!*




O livro começa com uma crónica alargada sobre um problema de saúde da esposa do autor. O dia-a-dia do casal, a forma como ambos lidaram com a doença e se apoiaram um ao outro numa fase extremamente difícil. Uma descrição muito pormenorizada da vida e do tratamento de alguém com cancro. Emocionei-me qb ao ler e admiro muito este casal por tudo o que são um para o outro, pela atitude, pela coragem, pela força e pelo amor que existe e se impõe perante um cenário daqueles que só quem passa por perto é que consegue dar o real valor. Só por isto vale a pena ler este livro.
Depois, sucedem-se as crónicas típicas do MEC. Fabulosas como sempre. Algumas já as conhecia mas é sempre bom voltar a ler. 
Este é um daqueles livros que dá vontade de abrir de vez em quando e reler uma ou outra crónica ao calha!




«O que espanta num gato é a maneira como combina a neurose, a desconfiança e o medo - para não falar numa ausência total de sentido de humor - com o talento para procurar e apreciar o conforto e, sobretudo, a capacidade para dormir 20 em cada 24 horas, sem a ajuda de benzodiazepinas.O gato é neurótico mas brinca. (...) Mas, acima de tudo, descobriu o sistema binário da existência. Que é: dormir faz fome. Comer faz sono. Acordo porque tenho fome. Adormeço porque comi. Nos intervalos, faço as necessidades.»



Da crónica "Ensinam os gatos"

Recomendo!

*há outro ali na estante em lista de espera

2 comentários:

Raquel Alabaça disse...

Livros nunca li, as crónicas sim.
Mas livros para me fazer chorar é coisa que agora não preciso.
Beijoca

Fernanda Fernandes disse...

o meu filho tem esse livro eu sou como tu sempre que tenho um livro tenho de o devorar,mas esse ainda não li como não é meu estou à espera que o dono leia,beijinhos

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...