Os Meus Artigos

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Esclarecimento do post...

... "sem ponta por onde se lhe pegue" do passado dia 14!

Hoje é quinta feira e dia de S. Policarpo, Bp. Sim, fui outra vez consultar o Borda d'Água. Aliás consulto-o com muita frequência e tenho verificado que no que respeita à previsão do tempo este almanaque anda todo baralhadinho, tal como o tempo e nós também. Quanto à lua, estamos em Lua Nova desde o dia 21. Só coincidências. Também eu tenho novidades, e fresquinhas.

Agora estão vocês a pensar:
- A Cenourita passou-se de vez!
Ao que eu respondo:
- Não foi de vez, mas vai sendo um bocadinho a cada dia que passa! Eheheheh
Depois de uma breve pesquisa a respeito de quem foi D. Policarpo fiquei a saber que foi Bispo e Mártir.
- E o que tem esta introdução a ver com o esclarecimento? - interrogam-se V. Exas meus caros leitores.
- Tem tudo! Tem tudo a ver com o martírio que eu vou passar nos próximos tempos até me habituar a um novo instrumento de auxilio às minhas ricas vistas. - respondo eu.

Há duas semanas atrás fui fazer uma muito necessitada visita à minha médica dos olhinhos. Saí de lá a saber que tenho "as vistas curtas" e que as lentes que usava só para ler e escrever já não estavam a colaborar. Pois, isso já eu sabia... já andava só às apalpadelas... E o receituário foi aquele que eu não esperava.

- Lentes progressivas porque a hipermetropia está a revelar-se! Pouca profundidade nos olhos e músculos lentos... - e uma sucessão de recomendações no uso das ditas que a minha doutora é muito extremosa.
- Hummm... se tem que ser... que assim seja... - eu a conformar-me.
Na semana seguinte, mais própriamente no dito dia 14, tratei de ir à óptica encomendar as lentes. E foi aí que os Santinhos do dia me ampararam da queda quando fui brutalmente atingida pelo soar do custo de tão indispensáveis objectos de auxílio às minhas ricas vistas... é que até fiquei zonza.

Hoje, foi dia de ir buscar as ditas. Uma série de testes para ver se estava tudo bem e as mesmas recomendações que a doutora me havia dado.

- Vai ver que se vai adptar fácilmente! E nada de movimentos bruscos com a cabeça! E nunca se esqueça que os olhos têm que acompanhar o movimento da cabeça! Não sinta vergonha de descer escadas agarrada ao corrimão! Parte inferior da lente para ver ao perto, parte superior para ver ao longe e parte intermédia para o meio termo! - dizia a optometrista, muito zelosa por sinal.

Eu limitava-me a acenar com a cabeça e tentava estar o mais natural e descontraída possível, seguindo todo aquele ritual ao mesmo tempo que verificava se as minhas vistas correspondiam à nova lição das suas vidas.



E cá estou eu, já com dor de pescoço, só de estar aqui a escrever e a acompanhar cada letrinha com o movimento da caixa dos pirolitos.

Eu vou habituar-me! Ai vou, vou! Nem que chovam picaretas! E daqui a dias já enfio as linhas nas agulhas, leio o jornal ou um livro ou um  blog e também as legendas dos filmes ao olhar para a tv, os rótulos das embalagens em letras miudinhas, os preços etiquetados, e tutti-tutti-tutti...

Será que irei conseguir encontrar uma agulha num palheiro? ;)


12 comentários:

Os Babinhos disse...

Até parece que me estava a ver...

Boa habituação.

Bjs

Beth disse...

ai amiga....desculpa mas hoje jà me rir com as tuas expreções, és de mais andava mesmo a presisar de me rir, (moral mt em baixo)

Olha vais conseguir sim, claro que primeiro que te habitues vai custar um pouco, mas tu es mulher de guerra, vais ver para a semana jà està uma crak.

Beijinhos grandes e bom fim de semana, coragem

Gaja Maria disse...

Ó pá! E não é que estou para o mesmo?
Ainda não fui ao Dr.porque dizem que a adaptação a essas lentes é difícil. Mas que eu não vejo um telho, não vejo.
E que tal está a correr contigo? Conta-me tudo a ver se eu me decido... :)

Noémia disse...

Oh minha querida bem vinda ao clube das pitosgas!
Eu também já mandei fazer os óculozinhos progressivos, não consegui foi adaptar-me a eles, isso é que não!
Ainda por cima como ando sempre a olhar para o chão, como tu sabes, dava-me cá umas tonturas que estava sempre a ver quando dava um "terno" no meio da rua ou numas escadas.
Assim, cá continuo eu com uns de ver ao perto e outros de meia distância para a Tv (e é o põe e tira) ! :)

conceicao disse...

Leva algum tempo, mas habituasse.
Bjs

Miss Pepper disse...

Essas lentes costumam ser chatas para se habituar e são bem caras! A minha mãe também teve mas nunca conseguiu habituar-se.
É uma questão de persistência e assim que estiveres adaptada, vais ver que encontras a agulha no palheiro. Quem sabe se ainda és contratada pelo CSI para investigares provas? ihihihi!

Beijinho!

Anónimo disse...

Então seja muito bem vinda ao clube das personas curtas de vista!!!!!!!!! Depois de te habituares às ditas lentes vais ver tudo o que te apetecer e se por acaso não conseguires apalpa que é para isso que servem as mãos (foi o meu Sr. Dr. que me receitou....). Quanto à agulha se calhar a melhor maneira de a encontrares é ires te sentando...... Bjs
Guida

xunandinha disse...

É amiga lentes progressivas é fogo eu que o diga, olha eu uso já há uns 7 anos que uso e foi fácil a adaptação,beijocas

Cenourit@ disse...

Os Babinhos,
Ufff! Não sou a única... Obrigada :)

Beth,
Esperto que estejas mais animadita... e rir, nem que seja das minhas "tontices" faz sempre bem. Vou conseguir pois, não vou deixar que umas lentes me ganhem na luta :)

Gaja Maria,
Pois eu andei a adiar a ida e cheguei à conclusão de que nada vale protelar. Quando tem que ser, tem, que ser. Eu vou contando :)

Noémia,
Sabes que o que mais tenho ouvido dizer é que muita gente não se adapta. Isto não é fácil, há que reeducar sobretudo a cabeça e estou confiante de que com o passar dos dias e dos treinos, vou conseguir. Vamos vendo... e eu vou contando :)

Conceição,
Não desarmo e tenho que conseguir :)

Miss Pepper,
Que ricas férias na Jamaica , Puerto Rico, ou até mesmo na Eslovénia eu passava com o que dei por elas... E eu sou persistente e vou habituar-me. Se não encontrar a agulha no palheiro, ao menos que encontre alguma coisa de jeito para me alegrar as vistas eheheh
Ah e se for contratada pelo CSI, eu aviso ;)

Anónima Guida,
Pois... Nestas minhas sessões e experiências já vou encontrando coisas que não me agradam... cabelos no chão, pelos e por aí. Sentada já eu passo muito tempo, quem sabe ainda sinto a agulha a picar onde não deve (o pior é se só a sinto e não a vejo) :)

Xunandinha,
E comigo também não há-de ser difícil, digo eu para me conformar :)

Beijovcas a todas***

Alcina disse...

Pois é o raio do caruncho que se vai instalando com o avançar da idade, eu já há algum tempo que achava que não via lá muito bem, mas ia-me safando sem ir á dita médica, mas tive que me resignar porque a médica do trabalho me disse que eu já só via nem sei quanto em 10 e lá fui, vim também com miopia e astigmatismo e agora sem as lunettes até eu já me acho pitosga e já não passo sem elas...mas olha enquanto a coisa se resolver com lunettes já não é nada mau...

Cláudia disse...

Oh pá, os músculos lentos é que deve ser chato! :)

A menina Carolina tb foi à oftalmologista a semana passada, e tb vai ter que usar. Não progressivos, claro.
Mas tem miopia, vai ter que andar sempre com eles.
Enfim, isto está-se a compor, são os olhos, os dentes...

Desejo-te uma boa adaptação.:)
bjs

Cenourit@ disse...

Alcina,
O caruncho é tramado e não perdoa! Eheheh! E sem que ser de lunettes nas ventas, antes isso ;)

Cláudia,
Sim, o músculo da visão lento é muito chato. O nosso olho funciona como uma lente de uma máquina fotográfica e já reparaste quando a lente anda ali à procura para fazer a focagem? No nosso olho, é esse musculo que trabalha e no meu caso é muito lento. A Hipermetropia é isso mesmo, para além da profundidade do olho ser demasiado curta para esse movimento. Miopia não tenho, nem astigmatismo (valha-me isso que o resto já me chega. No caso da Carolina tem mesmo que ser e ela vai adaptar-se bem :)

Beijocas***

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...