Os Meus Artigos

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

A panela ao lume...

... e o cheirinho da carne a cozer misturava-se com o traquinar da louça que saía da máquina de lavar e se guardava pelos armários da cozinha. Da sala, vinha o som da tenaz a compôr a lenha na lareira, a porta do recuperador a fechar, de seguida um pano de pó que se sacudia à janela. A movimentação na cozinha continuava, com talheres a entrar na gaveta e copos de vidro que se ajeitavam na prateleira. O exaustor funcionava no máximo e na tentativa de expurgar o vapor da cozedura e levar com ele um pouco daquele aroma. O aspirador entrava em acção do outro lado da tasca e a cozinheira de serviço quase se estatelara no chão da cozinha ao ser violenta e desprevenidamente apanhada pela corrida dos quatro felinos em fuga daquele ogre que lhes mete respeito e lhes absorve o pêlo espalhado pelo chão, carpetes e sofá. No meio daqueles sons tão comuns numa casa cheia de vida e actividades rotineiras, onde até o pensamento vagueia entre cada divisão, a campaínha toca.
- Titó! Podes ir ver quem é?
- Mãe Bela, estou a aspirar os sofás...
- Oh! E eu tenho as mãos molhadas! - bradava eu enquanto passava as mãos pela toalha turca amarela de cenouras bordada e picote rendado.
Abro a porta e não vejo ninguêm. Avanço no patamar na esperança de apanhar a visita inesperada ou um vizinho no vão das escadas. Alguém que viria certamente, perguntar se havia lugar para mais um à mesa e que, não encontrei...

ARROZ DE PATO À CENOURITA



1 pato caseiro
1 chouriço do Fundão
água qb
sal qb

Numa panela, com água a ferver e temperada de sal, coloquei o pato partido ao meio e o chouriço. Deixei cozer em lume brando. Retirei, reservei o caldo da cozedura e deixei arrefecer. Desfiei retirando todas as peles, ossos e algumas gorduras.

1 cebola grande picada
4 dentes alho picados
1 folha de louro
1 fio grosso de azeite

Tudo num tacho em lume brando até refogar.

1 tira de bacon fumado
1 cenoura ralada
1 pimento vermelho finamente fatiado
1 colher sopa de massa de pimentão

Juntei o bacon cortado em tiras fininhas, a cenoura ralada, o pimento fatiado e a massa de pimentão. Deixei cozinhar lentamente com o tacho tapado para suar bem e fui acrescentado pequenas quantidades de caldo da cozedura até que tudo estivesse bem estufado.

arroz vaporizado qb
caldo da cozedura do pato (dobro da medida de arroz)

Adicionei o arroz, lavado, escorrido e bem seco, que começou por cozer naquele estufado. Fui mexendo até absorver totalmente aquele molho. Juntei o caldo da cozudura do pato (a ferver), envolvi bem e deixei cozer +/- dez minutos mexendo de vez em quando. Juntei o pato desfiado e mais uma concha de caldo. Mais umas voltinhas com a colher de pau e deitei num pirex. Guarneci com o chouriço cortado em rodelas e levei ao forno pré-aquecido a 200º por breves minutos para tostar um bocadinho.



À mesa, tranquilamente, saboreou-se garfada atrás de garfada, em convívio animado e suaves tragos de vinho tinto a acompanhar. Mais tarde, a sobremesa, um belo pudim de pão, e depois... o café da praxe.


... a tv estava ligada, a campaínha tocou. Ajeitava-me para ir à porta quando alguém diz:

- Não vás! O som da campaínha vem da tv!
- Oh enganador spot publicitário que já me fez correr à porta um bom par de vezes...


13 comentários:

paty disse...

Que delícia é ler o teu post, já me ri um pouco com os traquinas dos teus gatos, não faço ideia o que é ter 4 gatos em casa, mas sei que um já me dá muito trabalho, mas são uns lindinhos.
O teu arroz de pato deve ter ficado mesmo uma delícia, não me importava de o ter para meu jantar!
Beijinhos e cumprimentos aos bichanos :)))

Alcina disse...

Que grande azáfama,com tanto gato á mistura :-) pois o arrozinho ficou com excelente cara e eu já anotei umas ideias para incrementar o meu, seja de pato ou de frango

Gina acasadagigis disse...

Olá,

Adorei ler o teu post , já ri um bocadinho :) , bjs

Gaja Maria disse...

Ai melher, que arroz de pato com tão bom aspecto....
O que me chateia nesse prato é a trabalheira que dá desossar o bicho... Mas vale pela parte final, não é?
Bjs :)

Abóbora Amarelinha disse...

olha que fiquei cansada porra...adoro arroz de pato, mas faço pouco porque o pessoal não morre de amores.

Irene disse...

Ó Cenourita, o teu arroz está com aquele aspecto delicioso...Mas Desde que tenho o meu Chicco (pato), não lhe posso fazer isto!
É o meu grande companheiro! Nem sabia que esses bichos podiam ser tão inteligentes!!!
Vou fingir que é antes arroz de ganso!!!
Bjocas e bom fim de semana

Ana Rita disse...

O melhor arroz de pato do mundo... e arredores, claro!

bjs

Fê-blue bird disse...

Que blogue mais completo e bonito, parabéns!
Boa comida e gatos, sinto-me aqui muito bem!!!

beijinhos

Xana disse...

Eu adoro arroz de pato Cenourita, e que bela cor ficou o teu!!!
beijoca

são33 disse...

ADORO ARROZ DE PATO E ESSE ESTA DIVINO, JÁ ME SERVIA...
BEIJINHOS PARA OS SEUS MENINOS.
BJS

Cenourit@ disse...

Paty,
Uma casa com quatro gatos é uma espécie de circo com sessão a toda a hora ;) dá trabalho sim, mas compensa muito o carinho deles por nós e as suas diabruras. O arroz de pato estava divinal :)

Alcina,
Aqui em casa é sempre assim (vá, há momentos de relax). Fico à espera de ver as tuas ideías num prato de arroz de frango ou de pato :)

Gina,
Isto das aventuras entre donas e felinos dá sempre para rir :)

Gaja Maria,
É uma trabalheira sim, mas sabe tão bem. Vale a pena :)

Abóbora,
Ficaste cansada? Não dei por ti a colaborar nas tarefas domésticas... lol
Para a próxima vens cá comer o belo do arrozinho de pato, combinado?

Irene,
Como eu te compreendo... se eu tivesse um pato jamais conseguiria comer um bicho da mesma espécie. Podes sempre substituir por frango ou ganso :)

Titó,
E por mais ou menos vezes que faça, o sabor é sempre igual, bom, bom, bom, muito bom :)

Fê-blue bird,
Obrigada pela tua visita e volta sempre que te apeteça :)

Xana,
Também eu adoro, é uma das minhas perdições gastronómicas :)

São33,
Serve-te à vontade. Obrigada :)

Beijocas a todas***

Ana disse...

Adoro arroz de pato e ja nao como à tanto tempo...

bj
http://ladyaofogao.blogspot.com

Cenourit@ disse...

Ana,
É um dos petiscos que também adoramos. Obrigada pela tua visita e vou cuscar o teu fogão, posso? :)

Beijocas***

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...