Os Meus Artigos

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Um dia...


... fantástico! Com uma alegre companhia, na cidade de Leiria!




Rever e passar um dia com uma pessoa Amiga é sem dúvida um dia de muita sorte, de muita conversa em dia, de muita maluqueira, de muita alegria...

Esteve mais do que uma vez programado, mas não acontecia.

- É desta?
- Não, não vai dar!
...
- Será que é desta?
- Uh, não é possível!

E assim se foi adiando até ao dia de hoje. E tinha que ser, nem que chovessem paralelos. E foi, e só caíram uns pinguitos de chuva que em nada atrapalharam. A minha Amiga Guida, natural de Leiria e há muitos anos a viver longe daqui veio visitar-me à cidade que a viu nascer. Conhecemo-nos através desta modesta Tasca. Ela visitava mas nunca comentava, acompanhava-me em silêncio sem que eu fizesse a mínima ideia que ela existisse. Até que um dia me contactou por mail e desde aí nunca mais nos largámos. Podemos estar longe, podemos passar algum tempo sem nos falarmos, mas sabemos que estamos sempre no coração uma da outra.

Foi um luxo passear pela zona histórica da cidade, sem pressas. Tomar um café na Praça Rodrigues Lobo. Almoçar num restaurante apinhado de gente com hora marcada para entrar no serviço e... nós ali, tranquilas, sentadinhas a espetar o talher no bitoque e a exercitar melhor que ninguém a linguagem verbal...

As conversas atropelavam-se, os temas entrelaçavam-se, e os assuntos eram tantos que ficavam pela metade. O dia passou rápido e depressa chegou a hora da Guida ir embora, de regresso a casa.

- Até à próxima! Cá ou lá! Mas com um intervalo mais curto no tempo!




Obrigada Amiga pelo agradável dia, pela pessoa que és, por tudo , e pelo lindo gato com que me presenteaste! Mais um, lindo e diferente, para a colecção da Cenourita!

- Há dias fantásticos não há?


6 comentários:

Anónimo disse...

Palavras para quê?
Guida

Tuquinha disse...

E esse foi sem dúvida um belo dia....como é bom estarmos com quem gostamos....
Beijinho

as-nunes disse...

Bom dia, «Cenourita» e comentadores/as

Nós aqui tão perto!...
Precisamente no mesmo local da tomada da foto de Leiria, sobre o Largo 5 de Outubro de 1910 (é verdade, todo o Largo do Papa, faz parte toponímica do Largo 5 de Outubro, aquele que abrange toda aquela área até à Praça Rodrigues Lobo e, do outro lado, da Goa, Damão e Dio e o próprio Jardim Luís de Camões), tirei as fotos que ilustraram o meu antepenúltimo post.

Observam-se pormenores interessantíssimos para quem gosta de apreciar Leiria, sossegadamente...

É assim a vida. Cá andamos nos blogues, a divagar, a estudar (Psicologia, Filosofia, Filologia, Ciências políticas e sociais, geografia, contas de subtrair eheh, história, gastronomia - que eu só sei fazer ovos mexidos e pouco mais, mal habituado, claro está - uma variedade infinita de temas) muitas vezes vizinhos quase de ao virar da esquina e o tempo passa, nem conhecemos face-face os nossos interlocutores, os nossos amigos que os vamos fazendo na Net, sem dúvida. Quantas vezes sentimos com intensidade indescritível essa amizade.

E nem nos conhecemos de vista, olhos nos olhos, fisicamente!

É bom aproveitar essas oportunidades. Muitos parabéns pela vossa iniciativa e que sorte terem concretizado esse encontro!
Passo, desde 1966, grande parte da minha vida nesta zona, mais precisamente, Largo da Sé. Uma base de operações da minha actividade profissional, um poiso de família, um sítio histórico e no qual se interioriza a alma de Leiria.

Fico por aqui. Por acaso, estou a escrever desde o Largo da Sé. Só que as noções de tempo e distância também se estão a diluir cada vez mais.
Que vida esta!

Abraços
António

Storyteller disse...

E que belo dia, sim senhora!
É bom passar do virtual para o real, principalmente quando o real se mostra ainda melhor que o virtual!
***

moranguita disse...

deve ter sido um dia fantastico:-)
bom fim de semanabeijocas

Deia disse...

Se há! Ainda bem que se divertiram :)

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...